Seja muito bem vinda! Cá estou eu, a Nolita, colocando as bagunças, traquitanas, criações e algumas criaturas para você ler, aprender, comentar, divergir e se divertir!

domingo, 25 de agosto de 2013

Minions? MEGA MINIONS!

Quem não curte os Minions? 
Os bonequinhos amarelinhos "espírito de porco" conquistaram as crianças e os adultos. 
Eu adoro. Acho eles engraçadinhos, curto o jeito meio malvado, meio bonzinho. 
Encontrei no facebook outro dia essa imagem aí, na página desses caras: Recyclelife Brasil


Apesar de não ser exatamente uma fã do artesanato com recicláveis, achei legal. 
Deixem me explicar antes que eu passe por anti-reciclagem, reaproveitamento, etc.  
Na verdade o que eu não curto é a falta de esmero com o produzir arte com recicláveis. 
Não é porque ia para o lixo, que precisa continuar a parecer lixo, certo? 
Continuemos pois.
Focada em meus sobrinhos (de sangue e de coração), logo pensei que isso dava uma boa brincadeira e, depois de pronto, um bom brinquedo.
Mas o tamanho diminuto dos rolinhos faz com que trabalhar com eles seja um trabalhão, 
ainda mais para crianças de três anos e meio.. .
Mas quem disse que só vale rolinho de papael higiênico? Hehehehe


Que tal se for um "rolão" de bobina de plástico? Tá, cortar o bicho só no serrote. 
E assim temos dois tamanhos de corpos de Minions.


Depois de cortados, hora de encher e dar forma à cabeça arredondada. 
Para isso, fita crepe e jornal.


Olha minhas "crianças" na lida...



Essa aí é a Kisa, e seu filhote. 

Uma vez cheios é a hora de revestir com tiras de jornal e cola. Desse jeito.


Sim, sou eu e meu aluninho... Tão aplicado e fofo...



Depois de seco, bora pintar!




Aqui vai uma dica, se quiser misture um pouquinho de cola branca à tinta gouache. Isso dá maior consistência e liga. 
Depois que secar é a hora de acessorizar os bonequinhos. 
Como o Miguel tem apenas três anos e meio eu já levei para ele todos os pedacinhos dos Minions prontos. 
Primeiro porque ele ainda não tem a habilidade necessária para cortar, desenhar e colar direitinho e isso frustra a criança, que passa a achar que não consegue fazer. Estraga a brincadeira. 
Segundo, é tudo com cola quente. Fala sério... 
Assim que antes eu fiz vários óculos com várias versões de olhos, usando cartolina, papelão e acetato. 
Fiz os macacões com cartolina e desenhei os detalhes com hidrocor.


Miguel escolhendo que óculos usar no Minion.


Colando óculos e macacões.



O grande "barato" é que desta forma, Miguel entendeu que a cola não era algo para ele mexer,
 e curtiu escolher os acessórios para seus Minions.

E agora vamos aos braços. Na linha de usar o que seria descartado, para os braços usei retalhos de cartolina preta onde desenhei as luvinhas, e fio de antena de tv por assinatura. Aquele branco. Cortei uns pedaços, pintei, cola quente para prender as mãozinhas e para prender no corpo.


Hora dos cabelos. Vale cartolina preta ou feltro. Usei ambos e o resultado ficou legal!
Com cartolina...

Com feltro...


E olha a felicidade desse moleque com a tropa reunida!





Trabalho? Não. Diversão pura!

Obrigada, Kisa, por topar essa parada, me "emprestar" seu filhote e ainda por cima, curtir pacas as maluquices que invento.

E aqui seguem as imagens da outra feliz "proprietária" desses monstrinhos, 
minha sobrinha de sangue. 
Olha a carinha da moleca!




Obrigada, Mana por ter produzido uma garotinha tão gostosa quanto essa pivetinha aí!


E, viram como reaproveitameto e reciclagem pode ficar sem cara de descartável?

Beijos a quem de beijo. Abraço a quem de abraço.












2 comentários:

Bruno Nery disse...

Onde você encontrou esse rolão?!

Kiki La Sagra disse...

Bruno, encontrei em loja que vende plástico a metro. Eles costumam jogar fora esses rolos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...